21.8 C
São Marcos
InícioGeralSão Marcos está entre 25 cidades gaúchas em alerta para surto de...

São Marcos está entre 25 cidades gaúchas em alerta para surto de doença que causa diarreia aguda

Doença gastrointestinal tem como principal sintoma a diarreia, que pode ser acompanhada de dor abdominal, náusea, vômito e febre

A Secretaria Estadual da Saúde emitiu nota nesta quinta-feira (7) com um alerta para surto da Doença Diarreica Aguda, que afeta 25 cidades gaúchas de diferentes regiões, entre elas, São Marcos. A doença gastrointestinal tem como principal sintoma a diarreia, que pode ser acompanhada de dor abdominal, náusea, vômito e febre.

De acordo com a vigilância epidemiológica do estado, a transmissão da doença se dá, principalmente, através do consumo de água ou alimentos contaminados. os surtos da doença foram identificados desde o final de agosto e, em algumas cidades, têm como agente causador o norovírus onde a transmissão pode ocorrer através de contato com superfícies contaminadas. Em caso de sintomas é recomendado repouso e aumento na ingestão de líquidos para evitar a desidratação, principalmente em crianças e idosos, em casos mais graves deve-se procurar atendimento médico o posto mais próximo.

O alerta traz recomendações para profissionais de saúde, escolas e creches. A secretaria indica que a população deve consumir apenas água de fontes confiáveis, e buscar sempre a higiene das mãos, bem como lavar alimentos e utensílios.

É importante higienizar as mãos de forma adequada e frequente, com água e sabão;
consumir água de fontes seguras (potável); em situações de emergência (falta de acesso à
água potável), recomenda-se ferver a água antes do consumo e antes do preparo de
alimentos por no mínimo 5 minutos; consumir gelo proveniente de água
potável/fervida; após o preparo de alimentos limpar com água e sabão as superfícies, equipamentos e utensílios utilizados, finalizando a limpeza com solução clorada diluída, sem enxágue e realizar a limpeza da caixa d’água uma vez ao ano ou sempre que necessário.

Creches e escolas que preparam refeições devem guardar amostras, de 100g ou 100 ml, de todos os alimentos preparados, incluindo bebidas, em embalagens apropriadas para alimentos, de primeiro uso, identificadas com, no mínimo, a denominação e data da preparação, armazenadas por 72 horas sob refrigeração, em temperatura inferior a 5 ºC. Caso algum aluno apresente sintomas, deve ser isolado dos demais. É recomendado ainda repouso e ingestão de líquidos, para evitar desnutrição.

As cidades que estão no alerta são Dois Irmãos, Esteio, Morro Reuter, Porto Alegre, Bento Gonçalves, Nova Prata, Carlos Barbosa, Garibaldi, Monte Belo do Sul, Caxias do Sul, São Marcos, Pinto Bandeira, Santa Maria, Lavras do Sul, Colorado, Saldanha Marinho, Santana do Livramento, Santa Cruz do Sul, Mato Leitão, Horizontina, Tucunduva, Santa Rosa, Santo Cristo, Barra Funda e Sarandi.

 

Destaques

Últimas

Conteúdo relacionado

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui