9.6 C
São Marcos
InícioRio Grande do SulEdegar Pretto é pré-candidato ao governo do Estado pelo PT

Edegar Pretto é pré-candidato ao governo do Estado pelo PT

Além dele, também são pré-candidatos Beto Albuquerque (PSB) e Luiz Carlos Heinz (PP)

O Partido dos Trabalhadores confirmou o nome do deputado estadual Edegar Pretto como pré-candidato a governador do Rio Grande do Sul nas eleições de 2022. A confirmação ocorreu na segunda-feira (13), em Porto Alegre, durante o lançamento do movimento ‘Rio Grande e presente. Para toda a sua gente’, com participação dos ex-governadores Olívio Dutra e Tarso Genro, senador Paulo Paim e deputados e deputadas das bancadas estadual e federal do partido.

A solidificação da pré-candidatura de Pretto começou há alguns meses, e foi chancelada por parlamentares, dirigentes, militantes e apoiadores após debates presenciais e virtuais, realizados a partir de junho deste ano em 27 regionais do PT em todo o estado. O deputado foi definido como nome que sintetiza a renovação do partido, por sua capacidade de diálogo, liderança política e compromissos com a base social. Com a confirmação do nome, também se confirma o projeto como alternativa viável aos campos democráticos que estarão mais próximos do ex-presidente Lula no RS.

Com a mensagem de passagem de bastão, num encontro definido como símbolo da união, da soma de ideias, de pensamentos e de forças para trazer o Rio Grande de volta ao seu papel de vanguarda na defesa dos direitos de toda a população gaúcha, as lideranças do partido declararam que o deputado tem total apoio dos dois ex-governadores, do senador, das bancadas do PT, militantes e movimentos populares. Para os petistas, Edegar Pretto é o nome certo para encabeçar no RS esse grande projeto nacional coletivo que já está em curso.
 
Edegar Pretto tem 50 anos e nasceu em Miraguaí, na Região Celeiro. É formado em Gestão Pública e tem suas origens na agricultura familiar. Filho de Adão Pretto, deputado federal falecido em 2009, Edegar está em seu terceiro mandato como deputado estadual. Foi o mais votado do partido nas três eleições em que participou, e líder da bancada petista no governo Tarso. Em 2017 foi presidente da Assembleia Legislativa, quando em sua posse popular cerca de duas mil pessoas ocuparam a praça da Matriz para um ato de apoio público na capital.
 
Na última eleição, fez votos em quase 480 municípios, e acumula a marca de ser o mais votado da história do PT no Legislativo estadual. 

Destaques

Últimas

Conteúdo relacionado

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui