21.8 C
São Marcos
InícioBombeirosBombeiros atendem três incêndios em vegetação em três dias

Bombeiros atendem três incêndios em vegetação em três dias

Em um dos casos a Patram foi acionada e registrou ocorrência para tomar as devidas providências. Na semana passada foram atendidos outros dois casos

De acordo com os Bombeiros, na tarde de sábado (4) a equipe foi acionada para atender um incêndio em vegetação no distrito de Pedras Brancas. No local, o proprietário relatou que realizava queima de campo quando as chamas se descontrolaram atingindo cerca de 6 hectares de vegetação.

As chamas foram combatidas com a utilização de aproximadamente 12 mil litros de água, bomba costal e abafadores. Por se tratar de uma área territorial extensa a guarnição iniciou o combate nas regiões próximas à residências extinguindo os focos que pudessem chegar às mesmas. A Patram foi acionada e efetuou o registro de ocorrência para tomar as devidas providências.

Na manhã de domingo (5) a equipe foi acionada no mesmo local para combater um novo foco. No segundo chamado foram utilizados mais 7 mil litros de água.

No terceiro registro, por volta das 6h30 desta segunda-feira (6), a equipe foi deslocada para atender fogo em vegetação as margens da via pública próximo a capela dos Polidoros. Nesta atuação foram utilizados 2mil litros de água para a extinção.

CLIMA SECO POSSIBILITA A PERDA DO CONTROLE DO FOGO

O Corpo de Bombeiros Militar de São Marcos orienta à toda comunidade para que não realizem queimadas de vegetação ou de lixo, tendo em vista que clima seco possibilita a perda do controle do fogo e este se alastre com muita rapidez.

Em nota o comando dos Bombeiros de São Marcos informa ainda que tal ato, conforme local, produto e metragem quadrada, é considerado crime ambiental, com base na Lei 9.605 de 1998, que versa sobre os Crimes Ambientais.

REGISTRO POLICIAL FACILITA A IDENTIFICAÇÃO E PUNIÇÃO DOS RESPONSÁVEIS

Em muitos casos a população se sente prejudicada com a fumaça, geralmente vizinhos, e estes devem realizar um registro na polícia civil comunicando o fato. O corpo de bombeiros sempre irá deslocar para realizar o combate às chamas, protegendo vidas, patrimônios, flora e fauna, mas dificilmente consegue identificar o causador da queimada pois geralmente a população não quer “se envolver” e não faz o devido registro e quando a equipe chega no local o responsável pelo ato já não está mais lá, e se está, não assume a autoria, dificultando sua identificação.

As queimadas representam um risco ainda maior quando realizadas às margens das rodovias, pois dificultam a visão de quem ali trafega sendo este um fator importante que pode causar acidentes graves de trânsito.

 

Destaques

Últimas

Conteúdo relacionado

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui